Entrevista com a Dra Cristina Torres

A Dra Cristina Torres Amaral faz parte da diretoria científica da SBCV é formada pela FMVZ da USP desde 2008 e mestrado pela FMVZ da USP.
Dra Larsson, Dra Cristina Torres, Dra Paula Itikawa
Perguntamos à ela um pouco mais sobre o congresso e quais estão sendo os preparativos com os temas.
Acompanhe abaixo.
-1 Quais as novidades o congressista pode esperar dos temas esse ano? 
Elaboramos uma grade científica bem diversificada, abordando temas mais avançados e também assuntos que são dúvidas frequentes da rotina do cardiólogo. As palestras incluem tópicos em ecocardiografia, terapia da insuficiência cardíaca, índices eletrocardiográficos utilizados nas publicações mais recentes, controvérsias da medicina x medicina veterinária, discussão de casos clínicos, intervenções cirúrgicas, etc. Além disso, completando a grade científica, teremos a avaliação dos posteres e, pela primeira vez, a apresentação oral dos melhores temas livres submetidos. Com certeza o congressista pode esperar um excelente congresso!
2-Como foi feita a escolha dos convidados internacionais? 
Os dois palestrantes escolhidos são grandes referências da Cardiologia mundial! O Dr Jonathan Abbott é professor associado da Universidade de Virgínia (EUA) e é autor de mais de 100 artigos publicados, incluindo o estudo EPIC, que foi um grande marco no tratamento da valvopatia mixomatosa. O Dr Mark Kittleson é professor emérito da Universidade de Davis (EUA), autor do livro “Small Animal Cardiovascular Medicine” e de mais de 100 artigos publicados em cardiologia veterinária, além de mais de 30 capítulos de livros. Ambos possuem uma grande versatilidade em abordar variados assuntos dentro da cardiologia.
3-É possível observar temas que abordam a cardiologia além do coração, como cuidados paliativos, síndrome metabólica, condição corporal como preditor de ICC.  Você acredita que uma abordagem multiprofissional é importante na cardiologia? 

Com certeza! A abordagem multiprofissional é essencial em qualquer especialidade! Não podemos focar apenas em exames cardiológicos: a avaliação do nosso paciente vai muito além do sistema cardiovascular. Ele deve ser avaliado como um todo, e é de grande importância que o cardiólogo tenha familiaridade com alterações em outros sistemas. Muitas vezes as alterações cardiológicas podem ser secundárias a outras doenças sistêmicas e vice-versa. Isso facilita o encaminhamento do paciente a um colega clínico geral (ou com atuação específica em outra especialidade) para realizar o acompanhamento do caso em conjunto. Nossos pacientes só se beneficiam deste agregado de conhecimentos.

A Dra Cristina é formada pela FMVZ – USP desde 2008, mestre pela FMVZ – USP 2018 com residência em Cardiologia pela FMVZ – USP em 2012, residência em Clínica Médica pela FMVZ – USP em 2011

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s